A Vida e a Obra de Aziz Ab’Sáber

sex, 17/02/2012 - 15:46

Eleito intelectual do ano em 2011, Aziz Ab’Sáber, presidente de honra do Instituto de Cultura Árabe, conta sua trajetória e suas conquistas em uma série especial preparada em sua homenagem.

Filho de libanês com brasileira, nascido em 24 de outubro de 1924 na cidade de São Luís de Paraitinga, Aziz Ab’saber relembra, em entrevista ao ICArabe, a trajetória da vida de sua família, suas viagens e seu interesse por conhecimentos, em especial, a Geografia. Trechos de sua entrevista serão publicados em uma série semanal no site do ICArabe para homenagear aquele que foi o Intelectual do Ano em 2011 e um dos maiores representantes da cultura árabe no Brasil.

Seu pai, Nacib, veio da Líbia para o Brasil em 1913 fugindo dos conflitos religiosos e econômicos da época. Muitos libaneses começaram a desembarcar no Brasil motivados pela visita de Dom Pedro II ao seu país, em 1876. O imperador dizia que aqui havia muito espaço para viver e que seriam bem recebidos.

Enquanto sua família vivia em Caçapava, Aziz veio para São Paulo, em 1939, então com apenas 15 anos, com mais dois amigos para estudar. Contrataram um professor particular de Ciências Sociais para complementar seus estudos e prepará-los para prestar vestibular. “Logo que passei no vestibular participei de uma excursão de campo, enquanto todos conversavam, eu bebia àquela paisagem, e fazia inúmeras anotações. Foi aí que descobri que me interessaria muito mais pela Geografia do que pela História.”

Aziz entrou na universidade em 1940 e formou-se Bacharel em História e Geografia licenciado pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo. Posteriormente, tornou-se Doutor em Geografia Física pela USP

Em 1996, Aziz passou duas semanas viajando pela Síria, Líbano e Egito. Conheceu a cidade natal de seu pai e teve a oportunidade de travar contato com a geografia real de todos aqueles países que fizeram parte das histórias contadas por seu pai durante sua infância. “Eu tinha desespero para ver a realidade geográfica disso”, ressalta.

 

Aziz dedicou sua vida aos estudos e pesquisas acadêmicas. Lecionou na Universidade de São Paulo por mais de 30 anos, tornando-se professor-emérito da USP. Contabiliza em sua trajetória um total de 486 obras, entre artigos acadêmicos, teses, capítulos de livros, prefácios e apresentação de livros, resenhas, publicações relacionadas a participação em eventos, publicações em jornais, revistas, documentos, e relatórios. Seus escritos mais importantes compõem o livro “A Obra de Aziz Nacib Ab’Sáber”, lançado em maio de 2011, pela editora Beca.

Ab´Sáber também conquistou diversos prêmios importantes. Em 2011, foi escolhido pela União Brasileira de Escritores como o Intelectual do Ano, prêmio que o firma como um dos maiores nomes da Geografia moderna. Recebeu, ainda, em 2005, o prêmio Jabuti de melhor livro na categoria Ciências Humanas com a obra “São Paulo, ensaios entreveros”.

Além de dedicado estudioso de Geomorfologia, Etnologia e Antropologia, é um grande conhecedor da cultura árabe. Ab´Sáber tem acompanhado atentamente o desenrolar dos acontecimentos da Primavera Árabe:“Eles deram o primeiro passo com a Primavera Árabe, porém não se preparam para a pós-revolução. Isto está longe de acabar”, ressalta.

Pesquisador nato e importante estudioso, aos 87 anos Ab´Sáber continua realizando pesquisas acadêmicas com o intuito de engrandecer não apenas o seu próprio conhecimento, mas o de todos.

A série com mais depoimentos de Aziz Ab´Sáber continuará a ser publicada em nosso site, a partir da próxima segunda-feira. Confira!