Livro retrata amor e guerra na Síria

sex, 15/12/2017 - 00:21

 

A jornalista brasileira Patrícia Campos Mello lançou o livro 'Lua de Mel em Kobane', no qual conta a história do conflito sírio por meio de um casal de refugiados que retorna ao país.

Os dias ainda são de guerra, mas um casal de refugiados sírios resolve voltar à sua terra e se estabelecer na cidade de Kobane para retomar a vida. É a partir do olhar dos dois que a jornalista brasileira Patrícia Campos Mello conta a história da guerra na Síria no livro que lançou este mês no Brasil pela Companhia das Letras. 

A obra foi intitulada “Lua de Mel em Kobane” porque foi em pleno início da vida matrimonial do casal que o grupo terrorista Estado Islâmico invadiu a cidade em que os dois escolheram para viver. Patrícia esteve na cidade duas vezes e fez dezenas de entrevistas com o casal. Também falou com familiares, amigos e pessoas do entorno dos dois por dois anos.

O casal se conheceu pela internet quando vivia como refugiado, ela, Raushan, na cidade de Rybinsk, na Rússia, e ele, Barzan, em Istambul, na Turquia. Ela era estudante de Direito quando interrompeu os estudos em função do conflito e ele é jornalista.

“Conheceram-se pelo Facebook, apaixonaram-se e resolveram casar e voltar para a Síria, para a cidade dele, Kobane. Bem no meio da lua de mel, o Estado Islâmico invadiu Kobane, mas em vez de fugir, eles ficaram na cidade para documentar o cerco”, contou Patrícia à ANBA por e-mail. Quase 80% da cidade foi destruída entre ataques do grupo terrorista e dos norte-americanos.

Patrícia é repórter especial e colunista do jornal Folha de S.Paulo e estava na Síria cobrindo o conflito pelo veículo quando conheceu o casal por acaso em 2015. Eles haviam retornado do refúgio, onde passaram cerca de dois anos, em 2014, quando a situação do Norte da Síria parecia estar se normalizando. Kobane era a cidade onde Barzan morava antes de sair do país. 

Com a obra, a jornalista quis tanto contar uma história de amor em meio à guerra como falar do conflito por meio do casal. O livro aborda também a ascensão do Estado Islâmico, a guerra na Síria e o país que os curdos tentam criar no Norte. A obra tem 208 páginas e traz muitas fotografias feitas pelo fotógrafo Fábio Braga.

pat
Patrícia é colunista da Folha de S.Paulo

A história é real e foi baseada em mais de 50 horas de entrevistas. A autora esteve na Síria em 2015 e 2016, na segunda vez apenas para fazer as entrevistas para o livro. “A experiência foi incrível, conheci pessoas maravilhosas e consegui entender um pouco melhor as motivações dos milhares de refugiados sírios”, afirmou Patrícia.

A autora não tem ascendência árabe, mas aprofundou seu interesse pela região após o início da crise dos refugiados. Como jornalista esteve em muitos países árabes e do Oriente Médio - Síria, Iraque, Líbia, Tunísia, Irã e Turquia - fazendo reportagens. Por enquanto a obra só foi publicada em português e no Brasil, mas Patrícia tem vontade de que ela vá também para outros países. “É uma história universal, seria muito bacana se fosse traduzida”, afirma.

A autora é formada em Jornalismo pela Universidade de São Paulo (USP) e cobre relações internacionais, economia e direitos humanos há 18 anos. Ela tem mestrado em Business and Economic Reporting pela Universidade de Nova York e também é uma das idealizadoras do projeto Muros do Mundo, que trata da crise das migrações. Trabalhou em outros veículos de comunicação de renome, ganhou prêmios jornalísticos e publicou o livro, “Índia – Da miséria à potência”, pela Editora Planeta.

livro Ficha técnica:

 Título: Lua de Mel em Kobane
 Autora: Patrícia Campos Mello
 Páginas: 208
 ISBN: 9788535930184
 Editora: Companhia das Letras
 Preço: 49,90