Fambras: "Ramadan reforça caridade além do islamismo"

qui, 25/05/2017 - 23:54
Publicado em:

O Ramadan, nono mês do calendário islâmico em que muçulmanos fazem jejum em todo o mundo, previsto para começar neste sábado, 27 de maio, tem como um de seus pontos refletir sobre a ajuda ao próximo e que vai além da solidariedade entre muçulmanos. Quem afirma, em entrevista ao Portal ICArabe, é Ali Hussein , vice-presidente da Fambras - Federação das Associações Muçulmanas do Brasil, entidade parceira do ICArabe.

“O Ramadan é um padrão para todos os lugares e tem conceitos e objetivos que são iguais onde quer que você esteja. O primeiro é uma reflexão sobre o próximo, a fome, a necessidade de suportar determinados sacrifícios. É um momento em que algumas coisas se amplificam, a religiosidade e a relação com o Criador”, afirma Hussein.

De acordo com ele, a ajuda ao próximo entra como outro ponto importante. “O segundo ponto é que ele reforça a necessidade de fazer caridade. Torna-se muito mais amplo que os muçulmanos. O terceiro ponto é de sensibilidade pela dor do próximo, que se adquire através da sua debilidade física, enquanto ser humano frágil quanto à falta de alimento e de líquido”, afirmou.

Hussein ainda lembra que o Ramadan só pode ser realizado pelo muçulmano se ele estiver em condições físicas de entrar em jejum. Pesquisas também apontam que o Ramadan elimina toxinas do corpo. “Ao contrário do que muitos pensam, o período é benéfico para a saúde. É um momento de você parar o organismo e estabelecer esse período”, explica.

A Fambras divulgou, recentemente, calendário referente ao mês sagrado muçulmano para ser baixado na internet. O download pode ser feito pelo seguinte link: http://fambras.org.br/ramadan2017

Leia também: Ramadan: o mês de jejum dos muçulmanos (http://www.icarabe.org/artigos/ramadan-o-mes-de-jejum-dos-muculmanos)

calendário