Fambras promoverá na próxima quarta-feira, 20, fórum gratuito para refletir sobre a crise dos imigrantes e refugiados no Brasil

qui, 24/08/2017 - 14:43
Publicado em:

A Federação das Associações Muçulmanas do Brasil, FAMBRAS, que é parceira do ICArabe, promoverá no dia 20 de setembro, das 13h30 às 19h, o I Fórum sobre Imigrantes e Refugiados no Brasil. O evento é gratuito, tem inscrições limitadas e acontecerá no Auditório do MASP, em São Paulo (Avenida Paulista, 1578). 

Estruturado em dois grandes painéis de debates – sempre com espaços para a participação do público – o Fórum discutirá as políticas públicas no país e a importância das entidades sociais, bem como a exposição na mídia e o impacto da crise dos refugiados. 

Já estão confirmadas as participações de especialistas no assunto, incluindo aqueles que conheceram de perto a realidade dos refugiados: Dr. Martim de Almeida Sampaio (Coordenador de Direitos Humanos da OAB-SP); Dra. Maria Laura Canineu (Diretora da Human Rights Watch no Brasil); Dra. Isabel Marquez (Representante do ACNUR, o Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados no Brasil); Vivianne Reis (Presidente das ong IKMR, I Know My Rights, que apoia crianças refugiadas); Isabel Filgueiras (jornalista, autora do livro ‘A Diáspora Síria) e Victor Ferreira (jornalista da GloboNews, que visitou campos de refugiados pelo Profissão Repórter). Completam a programação a apresentação do Coral Coração de Jolie, composto por crianças refugiadas, vídeos e depoimentos. 

Além de refletir sobre a causa dos imigrantes e refugiados, também é intenção do Fórum formalizar a “Carta do I Fórum sobre Imigrantes e Refugiados no Brasil”, com conteúdo redigido, aprovado e assinado por todos os palestrantes. A ideia é que o documento reúna uma proposta coletiva de intenções em prol dos refugiados e seja encaminhada às autoridades competentes.

A FAMBRAS, criada há quase 40 anos, atua nos âmbitos religioso, social, econômico e diplomático. Dentro destas esferas, desenvolve projetos que contemplam a divulgação do Islam e ações educacionais e assistenciais – tanto em benefício da comunidade muçulmana como das comunidades carentes do Brasil. Além da acolhida aos irmãos necessitados, outras preocupações da FAMBRAS são ajudar a manter vivas as práticas do Islam e combater o preconceito por meio de informação.

Veio daí a inspiração para organizar o Fórum. “Sabemos que a crise mundial dos refugiados vem suscitando debates, muitas vezes, pautados por preconceito e desinformação. Aqui no Brasil, também já é percebido algo neste sentido: há grupos que disseminam um discurso de ódio contra os estrangeiros que encontraram no Brasil um lugar para recomeçar”, justifica o vice-presidente da entidade, Ali Hussein el Zoghbi. “A FAMBRAS encara a questão com um olhar humanitário, defende o respeito aos refugiados bem como o reconhecimento de seus direitos por meio da nova Lei de Migração”. 

 

Serviço: 

I Fórum sobre Imigrantes e Refugiados no Brasil – “E eu, onde fico?”

Data: 20 de setembro

Horário: das 13h30 às 19h (o credenciamento acontecerá no local do evento, a partir das 12h30)

Local: Auditório do MASP (Avenida Paulista, 1578)

Inscrições gratuitas pelo site www.eeuondefico.org.br