Exposição Migrar: experiências, memórias e identidades – Museu da Imigração

sex, 01/04/2022 - 10:52
Publicado em:
0 comments

A exposição “Migrar: experiências, memórias e identidades” tem como objetivo apresentar aos visitantes os trabalhos de preservação e pesquisa realizados pelo Museu da Imigração a respeito de seu tema central.

Em oito módulos, aborda o processo migratório como um fenômeno permanente na história da humanidade, perpassando contextos mais específicos, como a grande imigração ocorrida nos séculos 19 e 20, as políticas voltadas ao tema, o cotidiano da Hospedaria de Imigrantes do Brás e as contribuições desse processo para a formação do estado e da cidade de São Paulo.

No entanto, a história da migração humana não deve ser encarada como uma questão relacionada exclusivamente ao passado e por isso a exposição fomenta o diálogo com o momento contemporâneo e as novas levas populacionais que rompem fronteiras diariamente.

A partir dessa proposta, o Museu da Imigração pretende não só proporcionar aos visitantes a oportunidade de conhecer trajetórias de migrantes nacionais e estrangeiros, mas também aproximá-las de suas próprias experiências, fomentar diálogos e contribuir para a cultura do respeito às diversidades.

Mais informações: https://museudaimigracao.org.br/exposicoes/longa-duracao/migrar-experiencias-memorias-e-identidades

Além desta exposição permanente, o Museu oferece, na programação de abril, exposições e oficinas, entre outros.

 

MUSEU DA IMIGRAÇÃO

Funcionamento

De terça a sábado, das 9h às 18h, e domingo, das 10h às 18h.

(Fechamento da bilheteria às 17h. / Nos feriados, será seguido o horário do dia de semana em questão).

 

Comprovante de Vacinação

Desde 11 de janeiro, é necessário apresentar o comprovante de vacinação (digital ou físico), na bilheteria, para realizar o passeio.

No caso dos visitantes com 12 anos, será exigida, ao menos, a primeira dose. Para aqueles cuja data de nascimento indica a possibilidade da segunda dose, a mesma deverá ser apresentada também.

Seguindo as orientações oficiais do Governo do Estado de São Paulo, não é mais obrigatória a utilização de máscaras na instituição.