Curso aborda a Clínica em Desastres em contextos dos países árabes e Oriente Médio

sex, 19/08/2016 - 19:20
Publicado em:
0 comments
Email para contato

A Universidade  Federal do Paraná, por meio do Núcleo de Apoio Científico em Desastres – CENACID e através de sua divisão de Saúde Mental, promove, de 16 a 25 se agosto, o curso “A Clínica em Desastres. Sofrimentos, Identidades Coletivas e as Sincronias na Intervenção”. A coordenação é do Prof. Dr. Jamil Zugueib, do Cap. Pinheiro e da Profª Danyelle Stringari, com coordenação geral do Prof. Neto. O curso conta também com o apoio do Núcleo de Estudos dos Processos Identitários, das Crises e da Cultura Árabe.

Entre as palestras, duas abordam contextos dos países árabes e Oriente Médio:

 

Dia 18

Por uma clínica multirreferencial em catástrofes. Desastres naturais X desastres sociais. Prof. Dr. Jamil Zugueib – CENACID - UFPR b) Memória, desastres coletivos e o trauma – O furacão Katlina em 1995 nos EUA X Guerras Etno-confessionais no Oriente Médio. Prof. Jamil Zugueib – CENACID-UFPR

Dia 19 

Do trauma individual ao trauma coletivo. Política, religião e a resiliência. Pesquisa de campo com a comunidade xiita do sul do Líbano após os bombardeios realizados por Israel em 2006. Prof. Jamil Zugueib Neto- CENACID – UFPR

O curso

O evento é voltado à comunidade acadêmica e a todos os interessados no campo da intervenção em desastres. O curso sob a ótica da psicologia social clínica (de referência psicanalítica), terá como objetivo abordar os fatores de resiliência e a expressão do trauma psíquico, com sujeitos inseridos em campos de afetação catastróficas. Ao mesmo tempo iremos abordar as questões que envolvem a necessidade da sincronia técnica nas estratégias da intervenção multidimensional.

“Vamos procurar estimular essas reflexões a partir de relatos de pesquisas e de intervenções nacionais e internacionais, onde será sublinhado as ações complementares dos técnicos advindos de campos de saber diferenciados e suas dificuldades para se obter a sincronia nas ações planejadas”, explica o Prof. Jamil Zugueib Neto.

E ressalta: “Deveremos ter em mente de que todo trauma se manifesta em um contexto específico, que o define, e que é definido por uma diversificada experiência de excessos de estímulos desestabilizadores externos. Essa situação será sentida como violência pelo sujeito e sua comunidade. A compreensão psicanalítica do traumatismo lança luz sobre o fato de que ele não é constituído unicamente do choque provocado pelo agente exterior, mas tanto quanto pelas possibilidades de reação da pessoa que o suporta. Serão nessas possibilidades que focaremos nossa atenção, fazendo uma breve incursão nesse processo, complexo e multifatorial, que se multiplica no Oriente Médio. Desde as Cruzadas, a história longa de intervenções de instituições religiosas, aventureiros e potências ocidentais deixaram marcas de humilhação na memória das comunidades. Fechando esses capítulos, a invasão americana e seu múltiplos traumas hoje ressurgem como ‘o retorno do recalcado”. As abordagens então devem prestar atenção às configurações geopolíticas que agem silenciosamente nesses eventos a primeira vista inexplicáveis”, explica Jamil Zugueib Neto.

Serviço:

As palestras ocorrerão entre as 19h e 22h, no Auditório Brasílio Itiberê da Sec. de E. da Cultura do Paraná – R. Cruz Machado 138 – Curitiba 

Inscrições gratuitas pelo link: http://goo.gl/forms/BVL7Tj1idZm63f4F3 

Dúvidas pelos telefones (41) 9987-9324 Inaiara e (41) 3361-3677 CENACID c/ Régis ou pelo e-mail:inaiaradelima@hotmail.com

Baixe a programação pelo link: https://goo.gl/sgsDkF e faça sua inscrição