Líbano sediará o V Encontro Mundial de Escritores Brasileiros no Exterior, a partir desta quarta-feira, 13 de setembro

dom, 10/09/2017 - 21:33
Publicado em:

 

A Universidade Saint-Esprit de Kaslik (USEK), do Líbano, sediará, de 13 a 15 de setembro, o V Encontro Mundial de Escritores Brasileiros no Exterior.

Com o temaEmigração e produção literária: causa ou consequência?”, o evento é organizado pelo Centro de Estudos e Culturas da América Latina (CECAL-USEK), pelo Departamento de Assuntos Culturais (USEK), pela Faculdade de Letras (USEK) e pela Queen Mary University of London, com apoio da Embaixada do Brasil em Beirute, CAPES, Universidade Federal de Juiz de Fora – UFJF e Queen Mary University of London USEK e A.C.I.M.A Associazione Mandala.

A discussão integra o projeto “Entre-lugares da Literatura da Diáspora Brasileira”,  de autoria da Profª. Else R. P. Vieira, docente na Queen Mary University of London, que integra o Queen Mary College da Universidade de Londres e o Programa de Pós-Graduação em Estudos Literários da Universidade Federal de Juiz de Fora.

O evento vem sendo realizado desde 2013, quando teve sua primeira edição na Inglaterra. Em 2014 aconteceu no Brasil, em 2015, nos Estados Unidos, e em 2016, na Alemanha. A edição no Líbano tem a coordenação de Roberto Khatlab, diretor do Centro de Estudos e Culturas da América Latina (CECAL-USEK), de Hoda Nehme, pró-reitora dos assuntos culturais da USEK, e de Niocola Chalhoub, Decana da Faculdade de Letras da USEK. Entre os participantes, estão: Else R. P. Vieira (Reino Unido), Charlene M. Miotti (Brasil), Natan Barreto (Reino Unido), Vilmara Bello (Brasil), Sônia Miquelin (Itália), Terezinha Fonseca (Estados Unidos), Beti Rozen (Estados Unidos), Roseni Kuranyi (Alemanha), Lorena Elis (Estados Unidos), Assad Zaidan [Líbano), Melhem Chaoul (Líbano) e Roberto Khatlab (Líbano).

Como informa Roberto Khatlab, este encontro é o primeiro em um país do Oriente Médio, justamente por ser o país que tem o maior número de brasileiros ou “brasilibaneses” (neologismo criado por Khatlab) no Oriente Médio. “No Líbano há cidades em que 90% da população fala a língua portuguesa. O tema deste ano -  emigração e produção literária: causa ou consequência? - trará para a comunidade brasileira e para os libaneses no Líbano o conhecimento do que os escritores brasileiros residentes no exterior produzem e será uma ocasião para reflexão das suas causas e consequências. Da minha parte, venho publicando livros e artigos sobre as relações Brasil–Líbano, história, religião, turismo, dentro do objetivo de escrever a história das relações destes dois países amigos, apesar da grande distância geográfica. Os escritores brasileiros no mundo têm a missão de escrever sobre o Brasil para divulgá-lo no exterior e também escrever sobre o país em que vivem para que ambos se conheçam a partir da experiência dos autores vivendo no mundo.”

Para saber mais, acesse:

V Encontro Mundial de Escritores Brasileiros no Exterior

IV Seminário de Expressões Literárias da Diáspora Brasileira

V World Conference of Brazilian Writers Abroad

IV Seminar on the Literary Expressions of the Brazilian Diaspora

http://www.usek.edu.lb/news/brazilian-writers-abroad-and-the-literary-expressions-of-the-brazilian-diaspora

http://www.usek.edu.lb/Library/Assets/20170828BrazilianWriters-051850.pdf

UFJF

http://www.ufjf.br/ppgletras/files/2017/08/Programa%C3%A7%C3%A3o-completa.pdf

 

con