Professora da USP vence prêmio de tradução árabe no Catar

ter, 17/12/2019 - 16:58
Publicado em:

Safa Jubran ganhou na categoria de tradução do árabe para o português. A professora da Universidade de São Paulo foi premiada em Doha.

 professora da Universidade de São Paulo, Safa Alferd Abou Chahla Jubran, foi premiada em Doha, capital do Catar, neste domingo (08). Segundo informações do blog Orientalíssimo e do site da TV Al Jazeera, Jubran conquistou o Prêmio Sheikh Hamad de Tradução e Entendimento Internacional para tradução do árabe para o português.

Entre os critérios para escolher as obras, o prêmio elenca a relevância do trabalho, a precisão da tradução e o estilo da escrita. O prêmio foi criado em 2015 e distribui prêmios que somam US$ 2 milhões.

Os competidores são divididos em três categorias: Prêmios de Tradução, Prêmios para Entendimento Internacional e Prêmios Honorários. Esta última, escolhe anualmente diferentes idiomas para premiar, e este ano teve a língua portuguesa entre as selecionadas. Além de Jubran, a outra vencedora no idioma português foi Catarina Belo, da Universidade Americana do Cairo, no Egito.

saf
Safa Jubran foi premiada em Doha, capital do Catar

Jubran nasceu no Líbano e veio para o Brasil na década de 1980. Ela se formou na USP e é professora efetiva da universidade no Departamento de Letras Orientais, sendo livre-docente em Língua Árabe desde 2010. Além de trabalhos acadêmicos, ela também atuou na tradução para o árabe de obras como “Dois Irmãos”, do escritor brasileiro com ascendência libanesa Milton Hatoum.

Safa e outro brasileiro, o professor da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Felipe Benjamin Francisco, participaram também do 6º Congresso de Tradução e Problemáticas da Compreensão Intercultural, organizado pelo Fórum de Relações Árabes e Internacionais do Catar. O evento ocorreu também na capital do Catar e reuniu acadêmicos de mais de 130 países.