Com noite de desfile de múmias, Egito inaugura novo museu

ter, 06/04/2021 - 23:33
Publicado em:

 

O país aproveitou o transporte de múmias e sarcófagos para promover um desfile e atrair atenção ao seu turismo e ao recém-inaugurado Museu Nacional da Civilização Egípcia.

O Egito transportou múmias de mais de 18 reis e quatro rainhas até seu novo museu neste sábado (03). O transporte se tornou um desfile, com luzes e decorações na capital egípcia, para levar também 17 sarcófagos reais. O Museu Nacional da Civilização Egípcia foi oficialmente inaugurado também no sábado.

Segundo o site do jornal Arab News, o trajeto começou a ser feito às 17 horas daquela data e se estendeu por mais de quatro horas. O desfile partiu do Museu Egípcio na Praça Tahrir e passou pelas principais ruas do Cairo. O evento foi transmitido ao vivo em 18 canais internacionais.

mu

Crédito da foto: Ahmed Mahmoud/AFP

Cada carro que levou sarcófagos carregou também o nome de um faraó

 

As informações são de que o presidente egípcio Abdel Fattah El-Sisi e um grupo de personalidades internacionais estiveram presentes nas festividades. De acordo com o Arab News, além de atores em trajes faraônicos, também participaram do trajeto representantes de sítios arqueológicos em Luxor, Assuã e nas pirâmides. Estes últimos levaram mensagens em diferentes idiomas convidando os turistas a visitar o Egito.

A ação ajudou a atrair atenção do mundo para o turismo egípcio e seu novo museu. Para enfeitar o novo espaço, o Ministério do Turismo e Antiguidades instalou portões decorados com imagens e símbolos faraônicos, além de utilizar uma iluminação colorida como parte da mostra.

 

mu2

Ahmed Mahmoud/AFP

O trajeto das múmias até o novo museu contou com outras atrações temáticas.

 

O ex-ministro das Antiguidades, Zahi Hawass, lembrou que o trajeto das múmias reais seria visto por pessoas de todo o mundo. O desfile “mostra a magia das múmias”, acrescentou ele ao Arab News.

O atual ministro do Turismo e Antiguidades, Khaled Al-Anani, disse que o local recém-inaugurado conta a história do Egito desde os tempos pré-históricos até os dias de hoje. O custo total para estabelecer o museu ultrapassa 2 bilhões de libras egípcias, segundo o ministro.