Ramadan, o mês sagrado dos muçulmanos, está previsto para começar neste sábado, 2 de abril. FAMBRAS terá ações beneficentes

sex, 01/04/2022 - 11:20
Publicado em:

 

Os quase 2 bilhões de muçulmanos do mundo já estão se preparando para o Ramadan, o mês sagrado da religião islâmica – previsto para começar neste sábado, 2 de abril. Foi neste período – o nono mês do calendário lunar islâmico - que o Alcorão, livro sagrado da religião islâmica, foi revelado ao profeta Muhammad.

Trata-se de um mês muito especial para os muçulmanos, que buscam o aprofundamento espiritual por meio do jejum, das orações e da caridade. “É um momento de transformação pessoal, a partir de reflexões e momentos de comunhão com Deus”, completa Ali Zoghbi, vice-presidente da Federação das Associações Muçulmanas do Brasil – FAMBRAS.

Durante o Ramadan, os muçulmanos são convidados a fazer jejum de água e de alimentos entre o nascer e o pôr do sol. “A fome, consequência do jejum, tem a finalidade de aproximar os muçulmanos da realidade dos mais necessitados. É por isto que, neste mês sagrado, são comuns a distribuição de alimentos e a prática de atos de caridade. É justamente o que o Islam prega: compaixão pelo próximo e amor”.

O Ramadan também convida os muçulmanos a intensificar suas orações e a congregar com os demais fieis. “São muito comuns as orações noturnas nas mesquitas para, em seguida, fazer a quebra do jejum, o Iftar - um ritual iniciado, geralmente, com o degustar de tâmaras”, detalha Zoghbi.

A FAMBRAS promoverá uma série de ações beneficentes durante o Ramadan – a exemplo do que tem feitos nos últimos anos. Estão previstos a distribuição cestas básicas nas mesquitas e em comunidades, um jantar solidário para pessoas em situação de rua e um evento para refugiados.

 

Curiosidades sobre o Ramadan

- A data do início e do término do Ramadan varia a cada ano. Ela é definida conforme o posicionamento da lua. O mês sagrado se inicia no nono mês do calendário lunar islâmico;

- Ramadan, em árabe, significa “a terra quente e ensolarada”. O nome de cada um dos meses do calendário lunar árabe foi definido com base nos fatos históricos e mudanças climáticas que os caracterizavam. E esta descrição define o nono mês;

- A tradição permite a prática do jejum a partir dos 12 anos de idade, podendo ser até menos, em algumas localidades. Pessoas que estão em viagem, mulheres grávidas, mães que estão amamentando, crianças, idosos e pessoas doentes não devem fazê-lo.

- O final do Ramadan é marcado pela maior festividade do calendário muçulmano, a Eid al-Fitr. Na quebra final do jejum, os muçulmanos vestem suas melhores roupas, enfeitam suas casas e oferecem alimentos a outros membros da comunidade.