Qaqun: história e exílio de um vilarejo palestino destruído em 1948

sex, 04/03/2016 - 14:31
Publicado em:
A dissertação de mestrado em Estudos Árabes de Soraya Misleh, diretora do ICArabe, investigou o que aconteceu em 1948 na aldeia palestina de Qaqun. Para tanto, apresentou o contexto histórico em que se inseriu a transformação do vilarejo à época, bem como conceitos e documentos que possibilitassem essa compreensão. O trabalho recorreu à história do vilarejo e à memória de seus habitantes, além de fotos, mapas, documentos e duas entrevistas, uma delas com Ilan Pappé, um dos denominados novos historiadores israelenses. 

Com base nas pesquisas, foi possível observar que os habitantes de Qaqun saíram de suas terras e propriedades mediante métodos planejados para forçar sua expulsão. Esses acontecimentos se enquadram em definições sobre limpeza étnica, inclusive à dada pela Organização das Nações Unidas, também apresentada neste trabalho. As pesquisas e estudos realizados apontam a importância do reconhecimento histórico do que aconteceu em Qaqun e em outras aldeias palestinas para que esses acontecimentos não mais se repitam e se alcance uma solução justa para a chamada questão palestina. A pretensão não foi esgotar o tema, mas contribuir nesse sentido, para que mais pesquisas sejam feitas.

Para ler o trabalho, acesse http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8159/tde-10022014-103435/pt-br.php