Embaixada da Palestina cria linha direta para a comunidade tratar de assuntos consulares

seg, 18/04/2022 - 18:26
Publicado em:

 

A Embaixada do Estado da Palestina acaba de criar uma linha telefônica exclusiva para atendimento aos palestinos e descendentes residentes no Brasil que necessitam tratar de assuntos consulares. A nova linha atenderá pelo serviço de WhatsApp e recepcionará exclusivamente pedido e documentos relativos aos serviços consulares.

A demanda por documentos, traduções e outros serviços consulares aumentou exponencialmente nos últimos dois anos, e ainda mais nos últimos meses, devido ao processo de regularização fundiária na Palestina, de terras e bens imóveis tanto rurais quanto urbanos, o chamado “Tabo”.

Isso levou a uma corrida de palestinos e descendentes residentes no exterior por habilitação, especialmente por meio de procuradores, neste processo. A demanda mais comum é de herdeiros residentes fora da Palestina, que buscam habilitação nos espólios que, muitas vezes, não foram partilhados ao tempo do falecimento do titular dos bens sob sucessão.

Aos palestinos residentes no exterior se exige, quando representados por procuradores, que realizem todos os procedimentos documentais nos serviços consulares, em regra prestados nas embaixadas palestinas.

O aumento da demanda, entretanto, é muito superior às infraestruturas e pessoal existentes nas sedes diplomáticas palestinas no exterior, existentes para um fluxo de serviços regulares e de praxe.

Além de adaptações dos corpos consulares, rotinas especiais têm sido implementadas para suprir a elevada demanda. A linha de WhatsApp exclusivamente para este propósito é uma destas medidas.

Pedidos de serviços e envio de documentos devem ser remetidos ao número +55 61 3710-4412. A embaixada alerta que neste número não se tratará de nenhum assunto que não seja o estritamente consular.

 

Dio site da Fepal https://fepal.com.br/embaixada-da-palestina-cria-linha-direta-para-a-comunidade-tratar-de-assuntos-consulares/