"Momento é importante para analisar o cenário no Mundo Árabe", afirma Professor Reginaldo Nasser, um dos docentes do novo curso do ICArabe, que começa dia 11 de junho

seg, 21/05/2012 - 16:52
Com coordenação geral de Heloisa Abreu Dib Julien, o curso será composto por cinco aulas, ministradas por Reginaldo Nasser, Christian Karam e Malcon Arriaga. Encerrando o curso, haverá uma mesa redonda com o tema “Revoluções no Mundo Árabe: consequências e perspectivas”, com Mohamed Habib, Reginaldo Nasser, Salem Nasser, José Farhat, Murched Taha, com coordenação de Geraldo Godoy (veja programação abaixo).

Clique aqui para o formulário de inscrição.

Este é um momento importante para fazermos uma análise do cenário atual do Mundo Árabe. O estudo dos regimes políticos na região, de forma mais focada e racional, pretende estimular uma visão mais crítica, com um olhar sobre os progressos obtidos pelos países da região e os cenários ainda desfavoráveis. “Apesar de todos os problemas inerentes às transições políticas em países que passaram por longos períodos ditatoriais, Tunísia, Egito e Líbia deram passos importantes com a instituição de processos eleitorais. De outro lado, a situação interna na Síria está em progressiva deterioração, com milhares de mortos”, ressalta o Professor Reginaldo Nasser.

O curso dará continuidade ao oferecido no final de 2011, resgatando os acontecimentos dos últimos meses, situando-os e mostrando as perspectivas para o Mundo Árabe. Para o professor Nasser, o debate agora, realizadas as eleições e reformas políticas em alguns países, como Tunísia, Egito e Líbia, focará na expectativa por mudanças na ordem econômica e social. “O momento é importante para realizamos uma nova análise porque é a e social é preciso estar atento ao aparecimento de novas forças políticas e a reestruturação daquelas que existiam até então.”

As aulas, desta vez, abordarão com mais ênfase Síria e Irã. “Há um ano teve inicio a revolta na Síria, que se tornou o episódio mais trágico, polêmico e incerto das revoltas árabes. Os altos custos humanos, econômicos e sociais do conflito relacionam-se cada vez mais à luta estratégica travada entre as grandes potências (EUA, Rússia e China) e os poderes regionais (Irã e Arábia Saudita) sobre o futuro do país. Nos momentos em que a Síria encontra-se unida e estável, ela representa um importante ator regional, mas quando está dividida e instável, como agora, torna-se uma arena para a luta de forças externas. O Irã é o grande aliado da Síria. uma provável queda do governo sírio significaria uma perda de poder considerável de Ahamadinejadi”, explica Nasser.

Para a coordenadora-geral Heloisa Abreu Dib, a participação no curso permite olhar a realidade de toda a região com conceitos menos preestabelecidos. “É preciso tentar analisar a situação da Síria, por mais difícil que isso possa parecer! Trazer o Irã para a discussão, mesmo não sendo um país árabe, foi imprescindível, devido à sua histórica revolução, o regime político adotado, suas alianças e como isso interfere em todo o equilíbrio da região. Por fim, a realização de uma mesa redonda para discutir os caminhos tomados pelas revoluções árabes e as perspectivas no horizonte, encerram nosso curso. Temas sensíveis exigem um tratamento cuidadoso, o que se reflete na escolha dos docentes.”
 
Curso inspira blog de alunos da USP

Inspirados pela edição 2011 do curso do ICArabe, um grupo de alunos da ECA-USP criou o blog o blog Olhares sobre a Primavera Árabe (http://olharesprimaveraarabe.wordpress.com/).

O blog reúne clipping de notícias de diversos veículos, entrevistas, resenhas e também textos baseados nas aulas do ICArabe (http://olharesprimaveraarabe.wordpress.com/2012/04/30/a-primavera-arabe-e-a-primavera-palestina/). “A gente começou a se interessar pelo mundo árabe fazendo uma grande reportagem sobre a Primavera Árabe no primeiro semestre de 2011. No segundo semestre, vimos no curso uma oportunidade de aprofundar nosso conhecimento sobre os países árabes e sobre o que foi (ou melhor, está sendo) a Primavera Árabe”, afirma Carolina Linhares, uma das responsáveis pelo blog.

Para Carolina, o curso do ICArabe permitiu um olhar mais crítico sobre a Primavera Árabe. “As aulas nos mostraram quanta coisa havia por trás da Primavera, aprendemos a história do Egito, a história de Israel, o histórico das relações entre Brasil e os países árabes. Conseguimos enxergar a conjuntura política e a histórica desses países.”

PROGRAMA DO CURSO
 
11/06 (2ª) - Regimes políticos e política internacional nos países árabes I - Reginaldo Nasser (PUC-SP)
 
12/06 (3ª) - Regimes políticos e política internacional nos países árabes II - Reginaldo Nasser (PUC-SP)
 
18/06 (2ª) - A Síria do partido Baath e dos al-Assad (1970 a 2012) - Christian Karam
 
19/06 (3ª) - A revolução islâmica no Irã e a cooperação sírio-iraniana (1979-2012) - Christian Karam e Malcon Arriaga
 
26/06 (3ª) - Revoluções no Mundo Árabe: consequências e perspectivas (mesa-redonda)
Participantes: Mohamed Habib (UNICAMP), Reginaldo Nasser (PUC-SP), Salem Nasser (FGV-SP), José Farhat (ICarabe), Murched Taha (UNIFESP). Coordenação: Geraldo Godoy de Campos (ESPM)
 
Coordenação geral: Heloisa Abreu Dib Julien
 
SERVIÇO:
 
Curso: Revoluções no Mundo Árabe e Islâmico: Regimes Políticos, Síria e Irã

Quando: de 11 a 26 de junho

Horário: segundas e terças-feiras: 19h30 às 22h

Local: Auditório do Espaço Cultural
Av. Paulista, 2439 – térreo – metrô: Consolação e Paulista, São Paulo
Estacionamento conveniado: VAZ - Av. Paulista, 2424

Investimento:
Público em geral: R$ 270,00
Membros do ICArabe, estudantes e aposentados: R$ 250,00
Estudantes devem apresentar carteirinha no primeiro dia de aula
Formas de pagamento:
Integral: através de transferência bancária ou depósito bancário identificado, com comprovante encaminhado por email para curso@icarabe.org
Duas parcelas: a primeira através de transferência bancária ou depósito bancário identificado, na data da inscrição e com comprovante encaminhado por email para curso@icarabe.org e a segunda mediante cheque pré-datado para 14/06, entregue no primeiro dia de aula.
Instituto da Cultura Árabe: Banco do Brasil, ag. 1898-8, c/c 26000-2, CNPJ 07283643/0001-39

Certificado: Para participantes que tiverem presença em, no mínimo, quatro aulas.

Informações e inscrições:
Período: 14 de maio a 06 de junho
Através do preenchimento do cadastro eletrônico no site ou pelo e-mail curso@icarabe.org (nome e telefone) ou pelo telefone (11) 5084-5131, de 2ª a 6ª feira, das 9h às 17h, com Regina.
 
Vagas limitadas.